:: Economiabr.net - setembro/2001 - nº 02

Economia Mundo Brasil Digital Trabalho

Todos os arquivos da edição

 

:: Economia

Economista da MIT diz que o principal risco do Brasil é a incapacidade de crescimento
"A política de metas inflacionárias deveria ser modificada de modo a incluir o objetivo de crescimento", afirmou. E por uma boa razão: "Não há risco de um colapso da moeda, mas há um sério risco de que a incapacidade de crescer produza um grande abalo na credibilidade financeira e estabilidade do Brasil".
(Economiabr.net, 2001-09-10)

Empresas ameaçam deixar o país se houver aumento de tarifa de energia
As distribuidoras e geradoras de energia fizeram investimentos de forma equivocada e, agora, estão em busca de mais proteção, além das que já existem, como o Anexo 5. "O que trará investimentos no setor para o país não é o tarifaço, mas a confiança das empresas nas regras do mercado''.
(Economibr.net, com dados da  Folha Online, 2001-09-08)

O BNDES aloca seus recursos corretamente?
O BNDES vem aumentando gradativamente seus empréstimos para micro e pequenas empresas com ênfase para as exportações. A divisão do bolo orçamentário é distribuído de forma igualitária entre as empresas? Há ainda uma concentração dos recursos para as grandes empresas?
(Fernando Gomiero, 2001-09-10)

Inovar é o caminho
Os economistas costumam supor que o caminho para a melhora do bem-estar de uma população consiste em deixar que as empresas se ajustem aos preços livremente estabelecidos pelo mercado. Para tanto o mais importante é que os preços dos fatores de produção reflitam fielmente a sua escassez ou abundância relativas.
(Antonio Barros Castro, 2001-09-08)

Orçamento Participativo: Uma Metodologia em Ascensão
O Orçamento Participativo tem como principal objetivo ser um instrumento de democratização, ou seja, assegurar a participação direta da população na definição das principais prioridades para os investimentos públicos. Essa nova experiência de participação popular procura romper com a tradição até então existente, de apenas os governantes tomarem suas decisões, deixando os interesses da população de lado.
(Fábio Chagas Orsi, 2001-09-10)

A Interconexão das Crises
As crises econômicas, dependendo de cada país, podem ser definidas como cíclicas ou estruturais. No caso de uma economia de maior solidez, as crises tendem a ser cíclicas, pois são resultantes de movimentos normais do mercado. A estabilidade estrutural destas nações opera pequenas correções para que a crise se afaste sem maiores traumas. Entretanto, outros países possuem graves distorções, o que os leva a viver crises estruturais. Logo, para atenuar os efeitos das crises ocorridas em outros mercados, a receita reside na implantação de profundas reformas estruturais. Especialmente no caso do Brasil(...)
(Márcio C. Coimbra, 2001-09-10)

O Brasil vem perdendo grandes fatias de mercados externos para China e México
Dados da OMC indicam que as exportações do Brasil vêm perdendo enormes fatias de mercado para produtos concorrentes de nações como China e México. E há ceticismo sobre a capacidade de o país reverter a situação em meio à desaceleração econômica global, em que todo mundo quer exportar e não importar.
(InvestNew, 2001-09-08)

Economistas sugerem calote planejado para países em crise
Calote construtivo. É assim que alguns economistas americanos estão defendendo a tese de uma espécie de moratória programada, como a única e última saída para estancar a crise crônica que toma conta dos países emergentes. A agonia da economia argentina, com seu desfecho ainda imprevisível, colocou o tema do default em debate - algo até então tratado como tabu no meio econômico.
(Valor, 2001-09-10)

Portugueses poderão participar das eleições brasileiras como candidatos e vice-versa
Os brasileiros também estão mais próximos da possibilidade de poderem se candidatar à vaga de parlamentar ou até mesmo integrar o governo de Portugal. A medida é um dos pontos previstos no Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta entre os dois países, que entrou em vigor ontem e regula os pontos principais do relacionamento bilateral. A questão dos direitos políticos só precisa da aprovação da Assembléia da República de Portugal. 
(Valor, 2001-09-10)

: Mundo

Estrangeiras controlam 95% da economia do México
Noventa e cinco por cento da economia do México estão nas mãos de empresas multinacionais, informa um estudo do Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade Autônoma do México (Unam), o mais importante do país.
(Estado, 2001-09-06)

China estimula economia
O governo da China vai injetar mais US$ 18 bilhões na economia em 2002, para contrabalançar o desaquecimento global e manter a taxa de crescimento do país acima de 7% ao ano.
(Valor, 2001-09-10)

Crise deixa argentinos sem passaporte
A crise econômica ameaça atingir o direito de ir e vir dos argentinos. A inadimplência do Estado levou a empresa que fabrica passaportes a interromper a entrega do documento, e já há cerca de 70 mil pessoas atingidas pelo problema. Sem passaporte, é impossível deixar o país, a menos que o destino seja um dos sócios do Mercosul.
(Valor, 2001-09-10)

Pesquisa revela otimismo com as novas tecnologias
Um trabalho realizado em agosto pela Ipsos-Reid descobriu que 54% dos norte-americanos adultos acreditam que novas tecnologias – como a Internet, celulares e outros dispositivos – contribuem para que as pessoas possam aproveitar mais o tempo livre que têm para entretenimento. Apenas 29% dos entrevistados disseram que o uso de novas tecnologias acaba reduzindo o tempo de lazer.
(WebWorld, 2001-09-09)

HSBC usa moeda virtual para conquistar clientes
O banco HSBC fechou uma parceria com o Dotz, a empresa que busca manter o cliente fiel por meio da distribuição de uma moeda virtual, capaz de ser trocada por prêmios. A expectativa de Yves Moyen, principal executivo do Dotz, é de que serão distribuídos 20 milhões de dotz.
(Exame, 2001-09-09)

China investe US$ 10 milhões para monitorar internautas
O Bureau de Segurança Pública da China (PSB) gastará cerca de US$ 10 milhões para atualizar a sua capacidade de monitoramento online, segundo informações da agência de notícias chinesa Xinhua. Batizada de Golden Shield Project, a iniciativa será viabilizada por meio de uma parceria com a Universidade de Qinghua e prevê a construção de uma rede que será usada para armazenar dados considerados suspeitos pelas autoridades do país.
(WebWorld, 2001-09-09)

:: Digital

EUA terão pagamento de impostos via web
O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos vai apresentar nesta quinta-feira um sistema para possibilitar o pagamento de impostos via Internet a empresas e cidadãos americanos
(Globo On Line, 2001-09-08)

AOL e News Corp negociam transmissão na China
A AOL Time Warner e a News Corp estão próximas de fechar um acordo com o governo chinês para a transmissão de sinais de TV em algumas regiões ao sul do país. Em troca, as empresas garantiriam ao CCTV-9 - canal da rede estatal chinesa de televisão em língua inglesa - um amplo acesso nos Estados Unidos.
(Folha Online, 2001-09-10)

Compaq Brasil: investimentos serão mantidos
O presidente da Compaq Brasil, Emílio Umeoka, afirmou que os investimentos de US$ 40 milhões previstos para o Brasil este ano serão mantidos enquanto os órgãos reguladores analisam a fusão e os trâmites para a união entre as duas empresas.
(Valor On Line, 2001-09-10)

EUA devem anunciar nova política de privacidade
Depois de meses de silêncio, o governo norte-americano do presidente George W. Bush vai anunciar "em breve" sua política para a alta tecnologia, abordando questões como e-mail indesejado, privacidade on-line e intervenção governamental na Internet.
(Folha Online, 2001-09-10)

Internautas visitam menos sites, diz pesquisa
Está mudando o perfil da navegação na Internet. Ela deixa de ser supereclética, com saltos de site a site sem muita direção, para ficar mais objetiva, concentrada. No ano passado, cerca de 60% dos usuários da Internet visitavam mais de 20 sites em um mês típico, de acordo com a Jupiter Media Metrix, empresa de pesquisa que mede o tráfego on-line. Neste ano, a proporção é mais próxima à metade desse número.
(The New York Times, 2001-09-10)

Cisco vê rápida consolidação no setor de tecnologia
O diretor executivo da Cisco Systems Inc., John Chambers, disse nesta quarta-feira que a fusão entre Hewlett-Packard e Compaq provavelmente será apenas o primeiro passo para uma rápida consolidação da indústria de computadores.
(Folha Online, 2001-09-10)

Banda larga estará em 30,6 milhões de lares americanos em 2004
Pesquisa feita pela empresa Parks Associates com assinantes residenciais de banda larga nos Estados Unidos mostra que os atuais 10,7 milhões serão 30,6 milhões em 2004.
(Exame, 2001-090-10)

Fusão entre HP e Compaq deve influenciar preços dos PCs
Muitos devem estar pensando quais as consequências que a megafusão entre a HP e a Compaq Computer podem trazer para o mercado. Para os consumidores, o impacto pode não ser imediato, dizem os analistas. As conseqüências a longo prazo, porém, podem significar menos opções e preços mais elevados na próxima vez que você for comprar um PC ou um handheld.
(IDG, 2001-09-09)

:: Trabalho

Saber negociar e delegar reduz sofrimento no trabalho
Para quem tem diversas funções a cumprir em prazos curtos e sente que o ânimo e a saúde estão se esgotando, a saída é negociar com o chefe e delegar tarefas. A proposta é da psicóloga Débora Glina, 45, que há 12 anos presta consultoria de saúde do trabalhador.
(Folha de S.Paulo, 2001-09-09)

Tecnologia eleva produção e melhora lazer
A tecnologia melhora as horas de lazer. Esse é o resultado da pesquisa do instituto Ipsos-Reid, que mostra que 54% dos adultos entrevistados nos Estados Unidos acreditam ter mais prazer em suas horas de folga graças a Internet e ao telefone celular, por exemplo.
(Exame, 2001-090-10)

Uma borboleta voando pode mudar sua vida?
Todos os grandes matemáticos, usando a Teoria do Caos, dizem que uma borboleta batendo as asas do outro lado do mundo pode provocar um tufão na Indonésia. É que todas as coisas no universo estão de certa forma ligadas, e o bater de asas de uma borboleta pode provocar uma reação em cadeia que termina gerando um tufão.
(Raúl Candeloro, 2001-09-10)

O fantasma da inflação foi substituído pelo temor do desemprego nos anos 90
Afastado o fantasma da inflação, esta última acabou sendo substituída por outro temor: o desemprego. Entre 1990 a 2000, o número de desempregados no Brasil duplicou. Em 1990 a taxa de desemprego aberto era de 3,7% , sendo que em junho de 2000 esse percentual elevou-se para 7,4%. Até 1999, segundo os dados do IBGE, existiam 7,7 milhões de desempregados no Brasil, ficando apenas atrás da Rússia, com 9,1 milhões de desempregados, e a índia, com 40 milhões de desempregados.
(Hélio Barbosa Hissa, 2001-09-10)

Companhias privadas da Argentina reduzem salários
Mesmo quem ainda tem emprego está sofrendo com a crise econômica da Argentina. Pesquisa realizada pela Sociedade de Estudos Trabalhistas (SET) com 200 das principais empresas do país aponta que 26% delas reduziu em 15% os salários de seus funcionários desde o início da recessão, em agosto de 1998.
(Gazeta Mercantil, 2001-09-08)