:: Economiabr.net - outubro de 2001 - edição n.04

Edição anteriores

:: Economia

Atraso tecnológico, desigualdades sociais e desvios de recursos públicos:retrato de um Brasil que não dá certo
O Brasil somente é atrasado tecnologicamente porque não levam (os governantes) a sério essa questão, ao relegar, a segundo plano, investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D), ciência e tecnologia (C&T), em educação, em infra-estrutura. A taxa de investimento na área de tecnologia, historicamente, não consegue superar 1,5% do produto interno bruto; enquanto que os investimentos em educação, não superam os 4$ do PIB. Já no que tange as desigualdades sociais, somente à péssima distribuição de renda (a terceira pior do mundo) consegue colocar às claras o fato do Brasil apresentar elevada massa de miseráveis.
(Marcus Eduardo de Oliveira, 2001-10-29)

Greenspan faz análise sobre benefícios e problemas da globalização
Greenspan reconhece que a globalização carrega em si um potencial enorme de criar novos conflitos e que é preciso lidar com eles. Ou corre-se o risco de que os verdadeiros benefícios da globalização sejam perdidos. "A globalização (...) precisa ser vista como reflexo da liberdade humana em termos econômicos por uma vasta maioria de seus participantes. Tem que ser vista oferecendo oportunidades para elevar os padrões de vida de todos os participantes no sistema de comércio mundial"

:: Trabalho

O que os empresários esperam dos jovens
Nesse mercado competitivo, estudo, pesquisa e constante aperfeiçoamento são fundamentais para ingressar numa empresa, esteja ela colocada entre as 100 ou as dez mil maiores do País. É preciso ser um especialista em sua área e, ao mesmo tempo, entender de gestão e administração, ter visão do negócio como um todo e ainda estar informado sobre os rumos da economia nacional e mundial.
(À Tarde, 2001-10-29)

IBGE: mercado de trabalho mostra sinais de deterioração
O número de trabalhadores vem caindo no país, enquanto cresce o número de inativos (incluindo os que, desanimados, desistiram de procurar trabalho). Os dados demonstram que, apesar de a média da taxa de desemprego dos noves primeiros meses deste ano (6,2%) ser inferior à do mesmo período do ano passado (7,5%), "o mercado de trabalho está pior". "O mercado não está criando vagas suficientes, nem mesmo para absorver a mão-de-obra que procura seu primeiro emprego
(Economiabr.net, com dados da Folha OnLine)