»  Mercado » Tendências

Como conservar o emprego em tempos de crise
(Newsbytes, 2002-02-02)

Não existe uma fórmula mágica, mas há várias maneiras de manter uma boa imagem e diminuir os riscos de despedimento.

Os despedimentos estão  tornando cada vez mais uma constante da economia, especialmente no setor do comércio eletrónico. Mas segundo Jeff Kagan, analista da Newsbytes, há algumas atitudes que se podem adotar para tentar manter o emprego.

Uma delas é aproveitar os períodos de calma e prosperidade para equacionar os problemas que podem surgir na empresa e na carreira profissional, construindo as relações que possam ajudar a evitar essas dificuldades. O especialista recomenda também que se acompanhe atentamente – e imite – aquilo que fazem os trabalhadores mais prestigiados da empresa (aqueles que sobrevivem a todas as reestruturações).

É também importante, segundo Kagan, perceber quais as áreas da organização que vão manter-se mais estáveis ou crescer, e deslocar-se para elas, evitando aquelas que poderão mais facilmente ser alvo de um redimensionamento.

A importância dos contatos

Igualmente preciosa é a filosofia que defende não existirem empregos para a vida. Os profissionais bem sucedidos mantêm as suas agendas bastante ativas, e fomentam o contato com empresas onde poderão vir a trabalhar futuramente.

A atitude positiva de motivação perante o trabalho é outro carimbo no passaporte para o sucesso. É mais fácil simpatizar com os funcionários que mostram gostar daquilo que fazem, pelo que é mais provável que estes se mantenham na empresa.

O comentador da Newsbytes explica que existem três tipos de pessoas: as que fazem as coisas acontecer, as que assistem aos eventos e as que tentam descobrir o que se passou... 

________________
Fonte: Newsbytes.com

Enviar para amigo

Fazer comentário

Imprimir a página

Os textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores ou fontes e podem não expressar a opinião da Economiabr.net