Fevereiro de 2002 - edição n.01

Edição anteriores

:: Economia

A eficiência é a chave da sobrevivência empresarial
No Brasil, o maior entrave ao desenvolvimento empresarial e da nossa inserção competitiva no contexto internacional - excetuando-se a grave questão da excessiva tributação - é a questão da eficiência. Já atingimos plena competitividade em inúmeros produtos e serviços, através da qualidade, mas sem a eficiência não vamos a lugar algum no longo prazo.
(José Armando Bueno de Almeida, 2002-02-15)

A volta do taliban de Chicago
Acuados desde os eventos do 11 de setembro pelo antraz do pensamento neokeynesiano que intoxicou até mesmo aliados incondicionais do monetarismo ultra como o presidente George Bush, esses darwinistas da ciência econômica - adeptos do lema: os mais capazes se salvam, os outros que se danem - viram ressurgir da toca o seu mais acatado guru: Milton Friedman
(Nirlando Beirão, 2002-02-03)

Jovens comunistas e o futuro do Brasil
Aquela "sabedoria" ora reduzida e concentrada em alto grau em poucas mentes juvenis ainda grita e vocifera contra o neoliberalismo "que amargura as nações em subdesenvolvimento e o exemplo mais concludente, para eles, é a quebradeira e crise social argentina". Culpar o neoliberalismo pela pobreza dos povos, não passa de clara retórica fundamentada na falsidade, na mentira e pela própria falta de estudo que nesses jovens comunistas é condição sine qua non.
(Lucas Mendes, 2002-02-03)

:: Mundo

A OMC e a condenação dos EUA
Passou algo desapercebido da mídia, mas a decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC) de condenar os Estados Unidos por práticas comerciais irregulares é um marco histórico. A OMC é um órgão incumbido de zelar pelas regras de comércio internacional. Deveria ter sido criada ao mesmo tempo que o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial (BM).
(Luís Nassif, 2002-01-18)

Argentina e o Colapso da Credibilidade
Mas a forma como o Governo argentino conduziu a economia foi errada. Ao invés de promover reformas na última década pra acabar com a inflação, o governo resolveu usar apenas um bisturi monetário: o Currency Board. Apostou na igualdade com a economia americana e perdeu. Ele sabia que um dia não iria conseguir mais dinheiro emprestado e mesmo assim insistiu na crença que tal sistema geraria riqueza. Que riqueza haveria numa economia despreparada diante de importação barata? 
(Gilmar Lourenço, 2002-02-15)

:: Digital

Quem tem medo do Big Brother?
O Echelon pode virtualmente capturar e analisar qualquer chamada telefônica, e-mail ou transmissão de fax e telex (militar, política, econômica, comercial e particular) em qualquer parte do planeta, não importando o meio de transmissão utilizado (satélite, microondas, celular ou até fibra óptica). Com auxílio de tecnologias sofisticadas de reconhecimento de voz e de reconhecimento óptico de caracteres (OCR), as mensagens são minuciosamente examinadas à procura de palavras-chave (o chamado "dicionário Echelon").
(Richard Delemos, 2002--02-02)

:: Trabalho

Como conservar o emprego em tempos de crise
Não existe uma fórmula mágica, mas há várias maneiras de manter uma boa imagem e diminuir os riscos de despedimento.É também importante, segundo Kagan, perceber quais as áreas da organização que vão manter-se mais estáveis ou crescer, e deslocar-se para elas, evitando aquelas que poderão mais facilmente ser alvo de um redimensionamento.
(Newsbytes, 2002-02-02)

Desemprego em 2002
Será que existe mercado de trabalho para todos esses formandos? E a resposta  pode ser resumida nas palavras de Márcio Pochmann, em entrevista ao Jornal Folha Dirigida, Edição Nacional, 7 a 13 de janeiro de 2002, página 9, onde "aqui na cidade de São Paulo nós temos mais desempregados de nível universitário do que analfabetos. São 44 mil desempregados com nível universitário e 25 mil analfabetos".
(Ricardo Dalla Costa, 2002-02-15)

 

a