» Notícia curta

Celular descartável a caminho
(HotBits, 2002-04-20)

Depois de muito adiamento, podem chegar este ano nos EUA  Os celulares descartáveis podem finalmente vir à luz. Após diversos adiamentos, a companhia norte-americana New Horizons Technologies anunciou que seus aparelhos Cyclone estão em processo de pré-produção e devem chegar ao mercado dos EUA no final deste ano. 

Voltados para usuários de mais baixa renda, que não têm como comprar um aparelho celular à vista nem consegue crédito para comprá-lo à prazo, os descartáveis têm um princípio muito semelhante ao dos pré-pagos. Você compra e já vem pronto para uso, podendo fazer e receber ligações em um número pré-determinado. A diferença é que têm o mínimo possível de recursos e opções, custam por volta de US$ 60, e são feitos para ser reciclados depois que o crédito acaba. 

Outras empresas já estão anunciando produtos semelhantes. Se fizer sucesso, a "Love dos celulares" certamente será exportada para o resto do mundo.


Argentina: crise na internet
(HotBits, 2002-04-20)

Na Argentina, a recessão econômica já repercute na internet. Este ano, o uso da rede deve ter um crescimento de apenas um dígito. Em 2000, o aumento foi de 100% e em 2001, de 50%. A desvalorização da moeda foi a maior vilã. Se antes cada dólar valia um peso, hoje a proporção está de 1 para 3, o que faz com que o custo de um PC tenha triplicado nos últimos meses.

 “As empresas de internet que tinham seu principal negócio na Argentina enfrentarão um momento complicado”, diz Enrique Carrier, diretor da Prince & Cooke, que fez a pesquisa. “Mas as que ampliaram sua atuação em outros países, como a Officenet, podem ter obtido a salvação.

 

 

Espanha, Portugal e Grécia têm o menor salário mínimo da UE
(copyright FolhaOnLine, 2002-04-19)

O salário mínimo na Espanha Portugal e Grécia é menor em relação ao do restante dos países da União Européia, constatou um levantamento do Eurostat, escritório de estatísticas da União Européia. De acordo com o Eurostat, o salário mensal bruto nesses três países é menor a 600 euros (aproximadamente US$ 534,00). 

Em Portugal, o salário mínimo em fevereiro, quando foi concluída a pesquisa, estava em 406 euros (US$ 361,00); na Grécia, 466 euros (US$ 414,00); e na Espanha, 516 euros (US$ 459,00). Os trabalhadores no restante dos países da UE, onde não existe necessariamente um salário mínimo legal, recebem um cifra superior a 1.000 euros (US$ 890,00), variando entre 1.009,00 euros, na Irlanda, e 1.124,00 euros por mês, em Luxemburgo. 

Nos outros seis países da UE (Itália, Suécia, Dinamarca, Finlândia, Aústria e Alemanha), o salário mínimo legal nacional não existe.

________________
(copyright Negócios Exame, 2002-04-20)


Enviar para amigo

Fazer comentário

Imprimir a página



Os textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores ou fontes e podem não expressar a opinião da Economianet