» Opinião

Experiência Profissional versus Competência
(Daniel Nogueira de Silos, 2002-08-11)

Atualmente os profissionais recém formados possuem muitas dificuldades em arranjar emprego. Seja por motivo de concorrência; avanços tecnológicos; fatores externos, etc.

As empresas de modo geral, de pequeno porte até multinacionais, muitas vezes preferem profissionais com certa bagagem. Talvez se utiliza o conceito " é errando que se aprende", ou até por uma certa ansiedade para que o recém contratado possa atuar no mercado. Isentando-se assim da responsabilidade de treina-lo ou planejar a estratégia da empresa para o futuro.

Quanto à questão do erro, sabemos que errar é humano, mas o excelente profissional aprende com o erro dos outros. Por isso não é essencial ter experiência.

E percebe-se também que as empresas não se preparam para o futuro, procuram agir somente no imediatismo, querem tudo para ontem, pensam que jogar rápido é jogar certo, e aí..... é que se enganam.

Fazem somente o que o cliente manda, mas as grandes inovações não são criadas pelos clientes, e sim por profissionais criativos e competentes, e isso também não tem haver com experiência.

Veja abaixo o anúncio de emprego que foi retirado de um jornal no ano de 16.500ac.:
"Procura-se profissional para fabricação de quadrados de pedra que são utilizados em carrinhos de mão. Exigi-se experiência comprovada em carteira de no mínimo 5 anos. É necessário também latim e tupi-guarani intermediário."

Dessa forma quem trabalha há muito tempo na fabricação de quadrados talvez não tenha a idéia de inventar algo novo. Não estou afirmando que profissionais experientes estão ultrapassados. Mas quero mostrar que
competência não tem haver necessariamente com experiência. Ou seja competência quer dizer:

"Saber agir, mobilizar recursos, integrar saberes múltiplos e complexos, saber aprender, saber se engajar, assumir responsabilidades, ter visão estratégica." (Afonso Fleury)

Além disso, também adiciono a palavra "Vontade", ou seja, o futuro profissional nao necessita apenas ser experiente e inteligente, mas é preciso ter vontade. Mas isso fica para uma próxima discussão...

________________
Daniel Nogueira de Silos
(4º ano do curso de Economia da Universidade Católica de Santos) - 25 anos de idade - dnsilos@uol.com.br

Enviar para amigo

Fazer comentário

Imprimir a página


Os textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores ou fontes e podem não expressar a opinião da Economianet - www.economiabr.net