Edição: Novembro de 2002 - edição n.02

Edição anteriores

A regressão do trabalho na “era FHC”
Além do seu aumento vertiginoso, também houve uma mudança no perfil dos desempregados no reinado tucano. Ao invés de concentrado nos trabalhadores de baixa escolaridade e qualificação, como nos anos 80, ele cresceu entre as pessoas de maior escolaridade, adultos, chefes de família e ocupados em funções hierarquicamente superiores. A taxa de desemprego foi mais expressiva para os trabalhadores com escolaridade entre quatro e sete anos do que para aqueles com menos de um ano de acesso à educação. Atualmente, este drama atinge em especial a juventude. De cada dois desempregados no país, um possui menos de 25 anos de idade.
(Altamiro Borges, 2002-11-14)

Alca e Equilíbrio de Poder na América Latina
Há mais de um século atrás, com a proclamação da República em 1889, o Brasil inseriu-se no meio internacional por outros caminhos que não os do Império. Renegou a aproximação com a Europa e iniciou uma mudança desse eixo diplomático em direção à Washington. Os EUA também buscaram esse alinhamento, não só com o Brasil, mas com todo continente americano por meio da retórica pan-americanista da doutrina Monroe, colocada como um baluarte de desenvolvimento, paz e cooperação entre os países americanos.
(Paulo Pereira, 2002-11-14)

 

a