Destaque da Semana
Competitividade: o México perde espaço para a China nos EUA
A avalanche de produtos chineses à venda no próprio México, e as vantagens competitivas do produto chinês no destino final ao mercado norte-americano, mesmo com as vantagens à indústria mexicana garantidas pelo Nafta, está corroendo a propagada vantagem natural do México como fornecedor de produtos industriais aos Estados Unidos. Enquanto as exportações mexicanas aos EUA cresceram 1,2% em 2002, as chinesas aumentaram em 19%. 
(Gustavo Grisa, 2003-11-04)
.

Trabalho
O BID e o desemprego no continente
Em 20 e 21 de outubro, em conferências sucessivas realizadas em Brasília e Washington, o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) divulgou um acalentado estudo sobre a explosão do desemprego na década de 90. O documento, intitulado “Procuram-se bons empregos: o mercado de trabalho na América Latina”, confirma o desastre causado pela aplicação do receituário neoliberal na região – apesar do BID, um dos algozes deste projeto, não apresentar sequer uma singela autocrítica. Pelo contrário, o banco ainda propõe novas medidas regressivas, persistindo na brutal ofensiva do capital pela precarização do trabalho.
(Altamiro Borges, 2003-11-04)

Atualidade
O que o projeto da ALCA representa?
O projeto da ALCA (Área de Livre Comércio das Américas), que reúne um conglomerado de 34 países, 800 milhões de habitantes e uma economia conjunta de 11 trilhões de dólares, representa o mais importante projeto hegemônico dos Estados Unidos das Américas no pós- II guerra mundial. Ocorre num momento de crise estrutural do capital, crise da civilização do capital que, nos últimos trinta anos, contribuiu para o desenvolvimento das políticas neoliberais, da mundialização financeira e do complexo de reestruturação capitalista que atinge as mais diversas esferas da vida social.
(Giovanni Alves, 2003-11-04)

Genuino, Belluzo, Arruda Sampaio e a Jornada de Trabalho
Da maneira como vemos, a critica que esta sendo colocada por muitos intelectuais esta sendo positiva, porque aponta caminhos que, mesmo que discordemos deles, merecem e devem ser discutidos seriamente com o governo e sua equipe econômica. Beluzzo e Arruda Sampaio enunciam seis pontos básicos de política econômica, entre os quais alguns coincidem com a visão atual do combate a inflação através do controle dos capitais externos e do cambio, incentivos às exportações, redução significativa das taxas de juros e retomada do crescimento através da capacidade estatal de investir em infraestrutura e gastos sociais, tendo como foco principal a geração de empregos.
(José Lucas Alves Filho, 2003-11-04)


.

Destaques
A inércia e a recauchutagem do continuísmo
(Rodrigo Medeiros, 2003-10-20)
Setor informal tem pouco acesso ao crédito
(Eduardo Wirthmann Ferreira e James Maxwell Brito Coelho, 2003-10-20)
É possível vender para os pobres na internet?
(Dailton Felipini, 2003-10-20)
Microsoft rural. Seguindo exemplo de Bill Gates, empresas agrícolas buscam o monopólio, pilhando conhecimento
(Jorge Pereira Filho e Daniel Merli, 2003-10-20)
As três aberrações das políticas agrícolas
(Jacques Berthelot, 2003-10-15)
As flores abortadas de Mao
(Miguel do Rosário, 2003-10-13)
100 Anos de Economia Brasileira: Vamos Comparar?

 

 

Edições Anteriores

2003 - Edição n. 11
A inércia e a recauchutagem do continuísmo
(Rodrigo Medeiros, 2003-10-20)
Setor informal tem pouco acesso ao crédito
(Eduardo Wirthmann Ferreira e James Maxwell Brito Coelho, 2003-10-20)
É possível vender para os pobres na internet?
(Dailton Felipini, 2003-10-20)
Microsoft rural. Seguindo exemplo de Bill Gates, empresas agrícolas buscam o monopólio, pilhando conhecimento
(Jorge Pereira Filho e Daniel Merli, 2003-10-20)

2003 - Edição n. 10
As três aberrações das políticas agrícolas
(Jacques Berthelot, 2003-10-15)
As flores abortadas de Mao
(Miguel do Rosário, 2003-10-13)
100 Anos de Economia Brasileira: Vamos Comparar?
(Gustavo Grisa, 2003-10-13)
A farsa da empregabilidade
  (Ricardo Antonio Penschi, 2003-10-13)

2003 - Edição n. 08
O motor quebrado do crescimento
(Rémy Herrera, 2003-10-01)
A dinâmica financeira da grande empresa capitalista
(Allan Claiton de Oliveira, 2003-10-06)
A nova ordem imperial e o sacrifício racional da ONU
(Luis Fernando Novoa Garzon, 2003-10-01)
Desemprego Estrutural e Trabalho Precário na Era da Globalização
(Giovanni Alves, 2003-10-01)

2003 - Edição n. 07
O Livre Comércio e o Mundo em Desenvolvimento
(Ivan Tiago Machado Oliveira, 2003-08-18)
Argentina: Que se vayan todos!
(Marcus Eduardo de Oliveira, 2003-08-18)
Crescimento ou desenvolvimento? Crescimento para quem?
(Henrique Rattner, 2003-08-18)
É o atual sistema econômico mundial Sustentável do ponto de vista ambiental?
(Fábio Albergaria de Queiroz, 2003-08-18)
Inclusão digital é a melhor saída para ampliar mercado 
(Rosana Hessel e Cristina Guimarães, 2003-08-18)

2003 - Edição n. 06
Globalização Financeira x Democracia
(Uallace Moreira Lima, 2003-08-04)
A ALCA e o Tigre de Adenauer
(Gustavo Grisa, 2003-08-04)
Distritos industriais (ou clusters) como estratégia de desenvolvimento econômico local para o Brasil.
(Hélio Barbosa Hissa, 2003-08-04)
Como ficar livre do FMI, ou melhor, Delenda Cartago!
(José Lucas Alves Filho, 2003-08-04)

2003 - Edição n. 05
O estágio atual da luta contra a Alca
(Altamiro Borges, 2003-01-06)
Uma luz no fim do túnel
(Pedro Paulo Silveira Felicíssimo, 2003-07-22)
Planejamento Estratégico e os impactos sociais e econômicos das atuais tendências demográficas
(Vivaldo José Breternitz, 2003-07-22)
Suco de laranja, açúcar e fumo no mundo da conversa mole do tal livre comércio.
(Ivan Tiago M. Oliveira, 2003-07-22)

2003 - Edição n. 04
Um jeito original de deixar de ser
(Luis Fernando Novoa Garzon, 2003-07-06)
Movimentos migratórios para trabalhar ou estudar no Brasil
(OnNews, 2003-07-07) 
Afinal para que servem os economistas?
(Pedro Paulo Silveira Felicíssimo, 2003-07-06)
Lições de Furtado e de Prebisch: reflexões para uma Área de Livre Comércio das Américas (ALCA)
(Rodrigo Medeiros, 2003-05-26)
Raio-X sobre os padrões da TV Digital
(Acessocom, 2003-07-07)

2003 - Edição n. 03
Lições de Furtado e de Prebisch: reflexões para uma Área de Livre Comércio das Américas (ALCA).
(Rodrigo Medeiros, 2003-05-26)
Proteger ou Liberar? Eis a questão.
(Leandro M. Caldas, 2003-05-26)
Um Choque de Brasilidade
(Gilberto Lima Júnior, 2003-05-26)
O Futuro é Híbrido
(Airan Silva, 2003-05-26)
Carreira sem prazo de validade!
(José Luis Amancio, 2003-05-26)

Todas as Edições